The Old House | Lisboa Cool
Entrar | Registar

comer > restaurantes

LisboaCool_Comer_The Old House

The Old House

A China aqui tão perto

O The Old House destaca a gastronomia chinesa de uma forma muito especial – aqui, a estrela é a cozinha de Sichuan, inconfundível, com sabores fortes que nos levam numa viagem até à Ásia sem necessidade de sairmos do Parque das Nações.

O restaurante tem dois andares, e é num espaço com quase mil metros quadrados que encontramos uma decoração moderna, com várias referências à cultura chinesa, de facto, toda a decoração foi importada desta região da China. E, se no piso inferior existem várias mesas à disposição de todos os que procuram uma refeição especial, com a particularidade de se poder ver parcialmente os cozinheiros a confecionar os pratos, no piso de cima o patamar eleva-se (não só no sentido literal!) através da possibilidade de jantar numa das quatro salas privadas com painéis que evocam as quatro estações. Mas há vários espaços especiais a descobrir aqui…

O The Old House, em Lisboa, não oferece propriamente os pratos que estamos habituados a experimentar noutros restaurantes chineses. É por isso que nos explicam de imediato que têm um conceito diferente, onde os sabores são fortes. Podemos confirmar, até porque as Gyosas The Old House e as Gyosas de Camarão com caviar foram dois dos pratos que provámos e que valorizam os condimentos sem que estes escondam os sabores dos restantes ingredientes. No entanto, não precisa de se preocupar se não for fã de sabores fortes: o primeiro prato traz uns pequeninos cubos de carne de porco picante, que servirão, precisamente, como medida para avaliar a intensidade de picante que cada um aguenta – mas a simpática equipa estará pronta para o aconselhar em qualquer momento.

O The Old House cumpre as regras de etiqueta chinesas, o que significa que a ementa está organizada de uma forma muito particular (pratos frios, pratos quentes e só depois os acompanhamentos) e o serviço dos pratos segue uma ordem específica (não se admire se os acompanhamentos chegarem uns minutos depois dos restantes pratos, pois é assim que acontece na China). São 74 páginas de ementa para explorar, com a certeza de que qualquer aposta é um tiro certeiro.

A não perder no The Old House (para além dos dois pratos que já referimos): a sopa Kung Fu - servida num bule de chá e numa pequena taça -, os deliciosos pãezinhos em omelete, as Gambas com Noodles Translúcidos e o Pato à Pequim que nos encantou! A carne de porco é um clássico na cozinha de Sichuan pelo que as opções são variadas, mas uma das mais famosas é a carne de porco confecionada duplamente (cozida e salteada). As opções de peixe, cozinhadas de formas distintas e com diferentes graus de picante, são igualmente apelativas.

Para sobremesa, não podemos deixar de destacar os deliciosos e super apelativos União Perfeita – uma adaptação ocidental de uma receita tradicional – e o Moinho Gelado (com gelado de chá verde, chocolate, sésamo e manga). Por fim, o Lago do Cisne foi a surpresa para fechar com chave de ouro, este folhado, recheado com feijão vermelho e manga, tem uma apresentação exímia e o sabor não lhe fica nada atrás! Para beber, sugerimos os chás tradicionais servidos numa campânula de vidro, nós provamos o Chá de Crisântemo e ficamos fãs. Serão, certamente, ao lado da boa conversa e da feliz descontração do espaço, a companhia ideal para este momento de sabores asiáticos.

Dica Cool: Acredita-se que dá sorte ficar sentado debaixo de um dos candeeiros cilíndricos vermelhos – se possível, escolha, na Sala dos Candeeiroso, um lugar em que tudo se alinhe, até porque a boa sorte nunca é demais.

Horário

Todos os dias: das 12h00 às 15h00 e das 19h00 às 23h00.