Museu do Oriente ensina técnicas de organização do tempo e do espaço | Lisboa Cool
Entrar | Registar

Blog

Museu do Oriente ensina técnicas de organização do tempo e do espaço

A organização do tempo e do espaço é um dos aspetos mais importantes para o desempenho e autorealização individuais. De Oriente a Ocidente, várias são as técnicas utilizadas e, no próximo dia 23 de Julho, é à Agenda Tong Shu que o Museu do Oriente dedica um workshop que ensina a utilizar esta ferramenta.

Com origem na cultura tradicional chinesa, Tong (‘todos’) Shu (‘livro’) pode ser considerado o “livro de tudo”. A agenda usada neste workshop baseia-se no almanaque Tong Shu que contém informação sobre os dias mais e menos auspiciosos, ou seja, mais ou menos propícios a obter sucesso numa dada atividade ou projeto.

Segundo a metafísica chinesa, os ciclos do tempo são caracterizados por uma mudança contínua e cíclica, o que significa que também o planeamento das ações deve ser revisto e ajustado. Mesmo nos dias de hoje, é importante observar os ciclos e ritmos sazonais, mensais ou mesmo diários, de modo a encontrar o equilíbrio e otimizar o retorno das ações. Assim, organizar e planear os dias, semanas e meses, é um desafio que se pode revelar profícuo, sendo que o segredo no uso do Tong Shu é conseguir agir em harmonia com as forças da natureza: a ação certa, com o propósito certo, no tempo certo.

O workshop é orientado por Alexandra Morgado, mestre em Arquitetura pela Universidade Lusíada de Lisboa e licenciada em Decoração de Interiores pela Escola Superior de Artes Decorativas da Fundação Ricardo Espírito Santo Silva. Em 2000 iniciou os seus estudos no Feng Shui, que aprofundou em 2008, em Hong Kong, com o Mestre Raymond Lo.

*Fotografia cedida pelo Museu do Oriente.

#LISBOACOOL

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool