Agenda | Lisboa Cool
Entrar | Registar

Agenda

FACES PROJECT

Terça, 15 Outubro

Elvira utiliza as suas mãos, os dedos, e aplica tinta no rosto. Cria o seu ritual, como os nossos longínquos antepassados, como muitas tribos ainda o fazem.
Trabalha sozinha, longe dos outros. Distante da humanidade. Prepara-se e medita. Sente medo. É nesta altura que a energia chega e a inunda. Percorre o seu corpo e o trabalho flui, sem mais hesitações. Faz esboços, tira notas. Há sempre uma ideia que pode ser útil amanhã. E segue.

Depois da pintura, vem a fotografia. Elvira fotografa-se. Regista-se. Sempre em frente a uma janela que é fonte de luz. Uma luz que se reflete nos seus olhos - azuis ou não consoante a luminosidade do dia - e que dará, ao público, referência do local onde o trabalho foi feito.

O local é muito importante para Elvira Carrasco. Ela reconhece cada um deles - desde a primeira janela de onde podia ver a Alameda Valenciana, até ao seu sótão em Valência de onde pode observar o céu, as nuvens.

Se o seu rosto, estático, é uma obra de arte por si só, os seus olhos permitem ao público viajar, aproximar-se dos seus sentimentos. De Elvira. E é isso um auto-retrato: uma forma de autoconhecimento, de análise da psique, da alma que o rosto materializa.

Normalmente o seu rosto fica coberto com tintas coloridas. Elvira é espanhola e o seu trabalho é influenciado pelas suas raízes mediterrâneas, pelo sol, pela luz. E depois brinca com as cores. Elas pingam pelo seu rosto. São esfregadas e misturadas, gerando movimento e diferentes dimensões.

Sobre Elvira Carrasco
28 anos. Natural de Cuenca, Espanha.
Desde criança sentiu-se atraída por pinturas, esculturas, desenho e livros que viriam a ser cruciais para o seu crescimento e surgimento como artista.
Estudou História de Arte na Universidade de Valência e, no final do curso, ganhou uma bolsa para trabalhar na Stair Sainty Gallery, em Londres. Foi esta a cidade responsável pelo despontar da sua criatividade. Foi aqui que comprou a sua primeira máquina fotográfica e desde então não parou mais.

Regressada a Espanha, Valência, montou um estúdio na sua própria sala de estar e foi nesse espaço que começou a aperceber-se que o auto-retrato era uma excelente forma de comunicar, criar cenários - onde ela própria era protagonista - e desenvolver cenas fantásticas com poucos recursos.

Foi num desses dias, no seu estúdio, na companhia da sua máquina, que decidiu pintar o seu próprio rosto com tinta. E desta forma descobriu, inesperadamente, que tinha acabado de criar a sua forma de comunicar com os outros - utilizar o próprio rosto como tela seria o seu desígnio.

Madrid, Valência, Barcelona, ​​Cuenca, Málaga, Múrcia, Paris, Nova York, Tel Aviv, Eindhoven, Saint-Tropez, Chengdu são cidades onde está representada. Esteve presente na Art Palm Beach em Miami, no SCOPE em Basel e no Affordable em Milão. O seu calendário tem agendadas inúmeras exposições e feiras nos próximos anos mas, de 3 de outubro a 2 de novembro, vai estar ….na CARRASCO art gallery, de Pedro Carrasco, no Beco do Carrasco.

Para conhecê-la, deixamos um convite para a inauguração:
3 de outubro, das 18h às 21h. Beco do Carrasco, 12. Lisboa

Quando?

Terça, 15 Outubro de 2019
Das 14:00 às 19:00

Onde?

Beco do Carrasco, 12
1200-092 Lisboa

Mais Info

211311411