Entrar | Registar

Agenda

Exposição "Intuições em Diálogo

Quinta, 8 NovembroSexta, 9 NovembroSegunda, 12 NovembroTerça, 13 NovembroQuarta, 14 NovembroQuinta, 15 NovembroSexta, 16 NovembroSegunda, 19 NovembroTerça, 20 NovembroQuarta, 21 NovembroQuinta, 22 NovembroSexta, 23 NovembroSegunda, 26 NovembroTerça, 27 NovembroQuarta, 28 NovembroQuinta, 29 NovembroSexta, 30 NovembroSegunda, 3 DezembroTerça, 4 DezembroQuarta, 5 DezembroQuinta, 6 DezembroSexta, 7 Dezembro

A Galeria Beltrão Coelho está a acolher a exposição “Intuições em Diálogo”, com obras de arte do escultor Jorge Moreira, do pintor José Augusto Coelho e da artista plástica Olga Alexandre.

Formado em escultura pelo Centro Internacional de Escultura e em Artesão do Brinquedo pelo Centro Cultural Roque Ga¬meiro, Jorge Moreira conta com várias exposições coletivas e individuais e com várias participações em feiras de arte. Trabalhou, também, como aderecista no filme para crianças “Zás Trás” e em várias criações Décors de vitrinismo.

Entre as obras expostas estarão as esculturas “Harmonia”, “Beijo” e “A Caminho”. A inspiração para a sua arte vem da música dos anos 70, do Rock Progressivo e das capas dos LP.

José Augusto Coelho é um pintor criativo, que desenvolveu atividades de design, quer como projetista de arquetitetura e engenharia, quer como gráfico-publicitário. Iniciou o estudo das Artes no curso de pintura da Casa Pia de Lisboa, tendo sido discípulo do mestre-pintor Álvaro Perdigão, do professor e escultor Hélder Batista e de Raúl Xavier. Passou também pela Escola de Artes Decorativas António Arroio, em Lisboa.

Natural de Vale de Frades, Vimioso, a sua arte retrata as memórias que recolheu enquanto criança e adolescente na região de Trás-os¬-Montes – paisagens feitas de gentes, de hábitos, de trabalho, de sons, de luz e de intensa cor. É o caso das obras “Foi Deus” e “Ideias Nuas”.

Já Olga Alexandre, natural de Sintra, irá apresentar as suas obras feitas de material reutilizado. A ligação à Serra de Sintra levou a que, desde cedo, tomasse consciência de que a natureza deve ser preservada.

Desde 1991 que trabalha com materiais recicláveis, enquadrados sempre numa mensagem ecológica. Tem feito vários workshops nas escolas do concelho e participado em várias exposições individuais e coletivas.

A exposição é de entrada gratuita e estará patente até 7 de dezembro.

Quando?

Sexta, 7 Dezembro de 2018
Das09:00 às 17:30

Onde?

Rua Sarmento Beires, 3A
1900-410 Lisboa